Publicado por: correnteviva | abril 26, 2010

O direito à leitura

O Dia Internacional do Livro foi comemorado na última sexta-feira, 23 de abril. Essa data lembrada por poucos, deveria ter seu destaque no calendário.

Se bem que o brasileiro é acostumado a olhar o calendário principalmente para analisar quando terá o próximo feriado e de que maneira irá aproveitá-lo. Depois de passado aquele “feriadão” surge à dúvida: “Foi feriado de que mesmo?”.

Então não adiantaria ‘O Dia do Livro’ ser decretado feriado, passaria despercebido da mesma forma. Mas para que isso não aconteça vamos embarcar em uma viagem no tempo.

O dia do Livro foi intitulado no dia 7 de outubro de 1926, na Catalunha (Espanha) em comemoração ao nascimento do romancista, dramaturgo e poeta, Miguel de Cervantes. No entanto, em 1930, esta data foi alterada para o dia 23 de abril, em homenagem a morte de Cervantes e também do fim das grandes escritas do inglês Willian Shakespeare.

Já no século XXI, após toda essa trajetória a UNESCO em 1996, instituiu o dia 23 de abril como Dia mundial do livro e do Direito do autor.

Apesar de aparentar uma data sem importância ela está entrelaçada com a situação econômica, social, e principalmente educacional do país.

No Brasil há uma grande quantidade de livros publicados ao ano, mas não podemos dizer o mesmo quanto aos leitores. Existe um déficit de educação muito grande. Hoje os números somam um total de 14 milhões de analfabetos, além dos 70% da sociedade economicamente ativa que se enquadra no analfabetismo funcional.

Outro número que assusta!

A verdade é que este índice tem preocupado inclusive o Conselho Nacional de Educação que prevê erradicação do analfabetismo até 2020.

É hora deles “levantarem as mangas” e correrem com uma boa estratégia para o Plano Nacional de Educação.

Afinal! A educação é um dos direitos sociais que estão estampados na Constituição Brasileira.

Todos têm o direito de comemorar o dia do livro podendo ler um e sabendo do que se trata.

“Não há livro tão mau que não tenha algo de bom.” – Miguel de Cervantes

Mariana Bernun, Jornalista e a mais nova colaboradora do blog da Rede Corrente Viva


Responses

  1. Que informação interessante Mariana. Obrigado por contribuir com nossa formação em rede. Bem-vinda a Rede Corrente Viva


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: