Publicado por: correnteviva | junho 11, 2010

Céu encoberto

Pretendo, no decorrer de meus simplórios textos nesse blog, apresentar as diferentes facetas da cidade de São Paulo. Uma das metrópoles mais plurais do mundo, podendo uma hora ser mãe e outra madrasta.

Para começo de conversa, aponto aqui para um dos maiores problemas de nossa querida cidade: a poluição e descaso com o meio ambiente.

É alarmante o número de casos, principalmente infantis, que chegam todos os dias aos hospitais paulistanos com crises de asmas, bronquites e qualquer outro sintoma respiratório, causados pelo ar impuro.

Passamos a respirar as cinzas que saem dos mais de 6 milhões de veículos espalhados, ou melhor dizendo, amontoados, pela cidade, além de outros fatores como a queima de combustíveis fósseis, lixo doméstico e industrial, entre outros.

Com o advento do aquecimento global, a preocupação com a preservação do meio ambiente tem crescido exponencialmente em todo o mundo e São Paulo não foge à regra.

Campanhas educativas são desenvolvidas pelo governo e instituições privadas. Grandes eventos são realizados para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de Junho). Reuniões internacionais para estabelecer um nível seguro de emissões de gazes na atmosfera, como o Protocolo de Kyoto, assinado em 1992 e reformulado em 1997.

De acordo com pesquisa da IBGE, todo ano cerca de 170 mil km2 de mata desaparecem, sendo as queimadas de grandes áreas para o cultivo da agricultura e pecuária, sua principal causa. Segundo o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), o Brasil é o recordista mundial em desmatamento, sendo derrubados, na Amazônia, em torno de 15 mil km2 de floresta, por ano.

Quando será que as pessoas se darão conta que não é preciso tamanho investimento. É preciso consciência. Saber que suas ações se refletem no mundo em que vivem. Saber que ao jogar um papel pela janela do carro poderá causar uma enchente mais tarde, por exemplo.

Enfim, são incontáveis as pequenas, e eficientes, ações que todos podem realizar para diminuir a poluição na cidade. Esse é o momento de realização. Sair do papel e colocar as ações em prática.

É preciso que os pais pensem no mundo que querem deixar aos seus filhos e que esses pensem no mundo em que querem viver.

Rennie Paro, jornalista e nova colaboradora do blog da Corrente Viva


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: